Tenha um maior desempenho no Período das Águas

O fim da estação seca se anuncia na maior parte do Brasil Central, área que abrange significativo percentual do rebanho bovino brasileiro localizado nos estados de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, entre outros.

Nesse período do ano, compreendido normalmente entre os meses de setembro e outubro, o rebanho bovino, já bastante sentido pela seca de 4 a 6 meses que acabou de atravessar, ainda terá que enfrentar mais uma fase de desafio fisiológico e nutricional causado por essa prolongada estiagem que pode ser bem crítico para os animais, dependendo das condições de manejo das pastagens e da suplementação dos rebanhos adotada pelos produtores rurais durante esse período e  na fase de transição para o tempo das águas, época em que os reflexos dessa mudança são mais sentidos pelos bovinos. Isto porque pastos degradados não têm disponibilidade adequada de matéria seca.

Além disso, a pouca quantidade de forragem eventualmente disponível não apresenta níveis de proteína, vitaminas e minerais capazes e suficientes para atender à demanda nutricional desses animais depauperados pelas sofríveis condições a que foram submetidos, o que, muito provavelmente refletirá no desempenho zootécnico e no estado de saúde desses bovinos.


Ao contrário do que muitos ainda pensam, os animais precisam mais dos minerais durante o período de chuvas do que na seca.

Sabe por quê? Porque com pasto em quantidade e qualidade, o potencial de ganho de peso ou de restabelecimento de condição corporal aumenta nessa época.

Pensando em soluções para minimizar as dificuldades e potencializar os ganhos, a Major criou a Linha Minerais com suplementos para todas as categorias do rebanho.

Confira no nosso Menu as soluções para o seu rebanho!

 

Ver Todas